sábado, 17 de julho de 2010

Atividade de revisão sobre Classificação dos seres vivos e Vírus


1. Escreva em ordem decrescente as categorias taxonômicas proposta por Lineu.
REINO - FILO - CLASSE - ORDEM - FAMÍLIA - GÊNERO - ESPÉCIE
( Lembrem-se do REFICOFAGE)



2. Como deve ser escrito um nome científico? Dê exemplos.
O sistema atual de nomenclatura segue proposta de Lineu:
• é binomial, isto é, composto por dois nomes escritos em latim, ou latinizados;
• o primeiro nome refere-se ao gênero e deve ter a inicial com letra maiúscula, ex.: Canis
• o segundo nome é o epíteto específico e deve ser escrito com inicial minúscula, ex.: familiaris
• Os dois juntos formam o nome da espécie, ex.: Canis familiaris, que é o cão doméstico.
• Os nomes científicos devem ter grafia diferenciada no texto. Se este for manuscrito, deve-se passar um único traço embaixo do nome. Se for impresso pode-se, por exemplo, deixar a letra em itálico.

Observe os exemplo abaixo:
3. De acordo com a nomenclatura binonomial, como se chama o primeiro e o segundo nome de um nome científico?
1º nome: chama-se Genérico e o 2º nome chama-se: específico.
Panthera leo

4. Conceitue espécie.
É um grupo de populações cujos indivíduos são capazes de se cruzar e produzir descendentes fertéis, em condições naturais, estando reprodutivamente isolados, de indivíduos de outras espécies.

5. Complete a tabela a seguir sobre os critérios específicos de classificação dos seres vivos:
Monera: unicelular - procarionte - autotrófas e heterótrofa - Bactéria e alga azul
Protista: unicelular - eucarionte - heterótrofo - Protozoários e demais algas.
Fungi: unicelular e pluricelular - eucarionte - heterótrofo por absorção - cogumelo, leveduras, bolor e mofo.
Animalia: pluricelular - eucarionte - heterótrofo por ingestão - anta, ser humano, barata, lombriga, esponja.
Plantae: Pulricelular - eucarionte - autótrofa - musgo, samambaia, pinheiro, mangueira, alface, etc.

6. Por que os vírus não são incluídos em nenhum dos cinco reinos de seres vivos?Porque são seres intermediários entre a matéria viva e bruta. Possuem características diferentes dos demais seres vivos agrupados em reinos como: são acelulares, parasitas intracelulares obrigatórios, possuem somente RNA como ácido nucléico, além de serem muito simples.

7. Quanto a doença viral AIDS responda:

a) Qual o nome do vírus causador?
O Vírus da Imunodeficiência Humana (AIDS), conhecido como HIV (sigla originada do inglês: Human Immunodeficiency Virus), é um vírus pertencente à classe dos retrovírus e causador da aids.
Portanto: AIDS é o nome da doença e HIV é o nome do vírus.

b) Como ela é transmitida?
O HIV pode ser transmitido pelo sangue, sêmen, secreção vaginal e pelo leite materno. Observe os exemplos a seguir:


Nas formas abaixo há transmissão:
sexo vaginal sem camisinha
sexo anal sem camisinha
sexo oral sem camisinha
uso da mesma seringa ou agulha por mais de uma pessoa
transfusão de sangue contaminado
mãe infectada pode passar o HIV para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação
Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados

Nas formas abixo não há transmissão:
sexo, desde que se use corretamente a camisinha
masturbação a dois
beijo no rosto ou na boca
suor e lágrima
picada de inseto
aperto de mão ou abraço
talheres / copos
assento de ônibus
piscina, banheiros, pelo ar
doação de sangue
sabonete / toalha / lençóis

c) Quais são as formas de prevenção?
  • usar camisinha sempre;
  • usar seringas descartáveis;
  • fazer pré-natal;
  • vigilância sanitária em transfusões sanguineas 
8. O que são viróides?
São minúsculos segmentos de RNA de cadeia simples e estremidades unjdas, que sealojam no núcleo das céluals infectadas. São diferentes dos vírus pelo fato de não formarem envoltórios protéicos e não codificarem proteínas. É semelhante ao vírus pelo fato de seu RNA ser capaz de se multiplicar na célula hospedeira.
9. O que são Príons?
São proteínas que causam doenças no homem e em outro animais como por exemplo a vaca louca. Está no cromossomo 21 humano e faz parte do equilíbrio celular neuronal referente à velhice. Só ataca o sistema nervoso. A proteína defeituosa dentro do neurônio mata-o e na necropsia encontraremos esponja no encéfalo, chamada de encefalopatia espongiforme.
10. Como é a estrutura do vírus da gripe?
Os vírus da gripe apresentam forma esférica e têm algumas características estruturais em comum. São constituídos por uma camada exterior ou invólucro e por um núcleo interno.

O invólucro (também designado cápside) é composto por uma camada de lípidos e glicoproteínas (complexos proteínas-hidratos de carbono). A característica mais marcante do vírus da gripe é o facto de o invólucro possuir cerca de 750 projecções de superfície, correspondentes às glicoproteínas hemaglutinina e neuraminidase. Estas moléculas são altamente imunogénicas, ou seja, têm grande capacidade estimuladora do sistema imunológico. Contribuem também para a virulência dos vírus da gripe.
O núcleo dos vírus da gripe é constituído por segmentos de ARN (ácido ribonucleico) associados a proteínas, conjunto denominado complexo ribonucleoproteico (RNP).



Desenho esquemático do vírus da gripe: H = hemagltinina e N = Neuraminidase