domingo, 18 de julho de 2010

Atividade para introdução ao cinco Reinos de divisão dos Seres Vivos

Leia com atenção o texto abaixo tirado da coleção Explorando o Ensino da Biologia, cápítulo 6, do Ministério da Educação.

Em quantos reinos se distribuem os seres vivos?



Considerando todos os seres vivos, estão descritos e catalogados quase dois milhões de espécies. Mas esse número está longe do total real: segundo algumas estimativas, pelo menos 50 milhões de espécies ainda não teriam sido descritas. O sistema de classificação usado hoje distribui os seres vivos em cinco grandes reinos: Monera, Protista, Fungi, Animalia (ou Metazoa) e Plantae (ou Metaphyta). A distribuição das espécies entre os reinos segue critérios específicos, como o tipo de organização celular, o número de células e a forma de obtenção de alimento.

O reino Monera inclui seres unicelulares (com só uma célula) e procariontes (sem membrana nuclear, ou seja, sem núcleo definido), como as bactérias e as algas azuis. No reino Protista estão organismos unicelulares e eucariontes (com membrana nuclear), como protozoários e outros tipos de algas unicelulares. Já o reino Fungi abrange organismos uni ou pluricelulares (com mais de uma célula) e eucariontes que obtêm seu alimento por absorção, como os fungos (mofos, leveduras e cogumelos). O reino dos animais (Animalia) inclui organismos pluricelulares e eucariontes que se alimentam por ingestão. Finalmente, o reino vegetal (Plantae) reúne os organismos pluricelulares e eucariontes que sintetizam seu alimento.

Nem sempre se utilizou o sistema de cinco reinos. Na antiga classificação, os seres vivos eram divididos em dois grandes reinos: animal (protozoários e animais) e vegetal (vegetais, fungos, bactérias e algas). O sistema atual foi proposto em 1969 por R. H. Whittaker e é bastante aceito. Novas propostas têm sido feitas por cientistas, incluindo três, quatro e até mais de cinco reinos, mas com Os demais grupos de algas, incluindo as pardas e as vermelhas, fazem parte do reino Protista. O reino Plantae é monofilético (ou seja, todos os integrantes têm um ancestral comum), enquanto o reino Protista é polifilético (os grupos que o compõem têm ancestrais diferentes). Estão incluídos entre os protistas os eucariontes – flagelados, amebas, algas (exceto as verdes) e vários parasitos – que não pertencem aos reinos dos animais, dos fungos verdadeiros ou das plantas.

Elidiomar Ribeiro da Silva (UNI-RIO)


Atividade de Biologia

01- Quantas espécies de seres vivos já foram descritas? Quantas espécies ainda não foram descritas?

02 - Em quantos reinos se distribuem os seres vivos? Cite-os.

03 - Quais são os critérios específicos usados para distribuição dos seres vivos?

04 - Diferencie:

a) unicelular de pluricelular
b) procarionte de eucarionte

05 - Classifique cada um dos reinos de seres vivos de acordo com seu número de células e membrana nuclear. Dê dois exemplos em cada reino.

06 Como era dividido antigamente os seres vivos? Quem mudou a classificação?

07 - Por que o vírus não é classificado em reinos?