Lei da Segregação independente ou 1ª lei de Mendel - Aula completa power point, anotações e atividades

Lei da Segregação independente ou 1ª lei de Mendel

Para baixar clique aqui



Para baixar Clique aqui



OS EXPERIMENTOS DE MENDEL

A escolha da planta
A ervilha é uma planta herbácea leguminosa que pertence ao mesmo grupo do feijão e da soja. Na reprodução, surgem vagens contendo sementes, as ervilhas. Sua escolha como material de experiência não foi casual, trata-se de ser uma planta:
·         Fácil de cultivar;
·         Ciclo reprodutivo curto;
·         Produz muitas sementes;
·         Muitas características visíveis a olho nu;
·         Fácil autopolinização


Desde os tempos de Mendel existiam muitas variedades disponíveis, dotadas de características de fácil comparação. Por exemplo, a variedade que flores púrpuras podia ser comparada com a que produzia flores brancas; a que produzia sementes lisas poderia ser comparada com a que produzia sementes rugosas, e assim por diante.
Outra vantagem dessas plantas é que estame e pistilo, os componentes envolvidos na reprodução sexuada do vegetal, ficam encerrados no interior da mesma flor, protegidas pelas pétalas. Isso favorece a autopolinização e, por extensão, a autofecundação, formando descendentes com as mesmas características das plantas genitoras.
A partir da autopolinização, Mendel produziu e separou diversas linhagens puras de ervilhas para as características que ele pretendia estudar. 

Características genéticas das ervilhas
Característica
Dominante
Recessiva
Forma da semente
Lisa
(Rr ou RR)
Rugosa
rr
Cor da semente
Amarela
(Vv ou VV)
Verde
vv
Cor da flor
Púrpura
(Bb ou BB)
Branca
bb
Forma da vagem
Lisa
(Rr ou RR)
Rugosa
rr
Cor da vagem
Verde
(Aa ou AA)
Amarela
aa
Posição da flor
Axial
(Tt ou TT)
Terminal
Tt
Altura do pé
Alta
(Bb ou BB)
Baixo
bb

Os cruzamentos
1)      Obteve linhagens puras de ervilhas.
2)      Efetuou uma polinização cruzada artificial. Onde pólen de uma planta que produzia apenas flores púrpuras foi depositado no estigma de outra planta que só produzia flores brancas, ou seja, cruzou duas plantas puras entre si. Essas duas plantas foram consideradas como a geração parental (P), isto é, a dos genitores.
3)      Repetiu a polinização cruzada várias vezes.
4)      Verificou que todas as sementes originadas desses cruzamentos tinham flores púrpuras – as flores brancas haviam aparentemente “desaparecido” nos descendentes híbridos. Mendel chamou de F1 (primeira geração filial).
5)      Percebeu que a flor púrpura “dominava” a flor branca. Chamou o caráter flor púrpura de dominante e o branco de recessivo.
6)      Mendel, então, deixou a geração F1 (primeira geração filial) se autopolinizar.
7)      Percebeu que na autofertilização entre as plantas F1, a cor branca das flores reapareceu na F2 (segunda geração filial), só eu em proporção menor que as flores púrpuras: surgiram 6.022 flores púrpuras para 2.001 brancas, o que conduzia a proporção 3:1.
8)      Concluiu que na verdade, a cor branca das flores não havia “desaparecido” nas sementes da geração F1. O que ocorreu é que ela não tinha se manifestado, uma vez que, sendo uma caráter recessivo, era apenas “dominado” (nas palavras de Mendel) pela cor púrpura.




Resultado: em F2, para cada três flores púrpuras, Mendel obteve uma flor branca. Repetindo o procedimento para outras seis características estudadas nas plantas de ervilha, sempre eram obtidos os mesmos resultados em F2, ou seja, a proporção de três expressões dominantes para uma recessiva.



1ª lei de Mendel Lei da Segregação dos Fatores

A comprovação da hipótese de dominância e recessividade nos vários experimentos efetuados por Mendel levou, mais tarde à formulação da sua 1º lei: “Cada característica é determinada por dois fatores que se separam na formação dos gametas, onde ocorrem em dose simples”, isto é, para cada gameta masculino ou feminino encaminha-se apenas um fator.
Mendel não tinha ideia da constituição desses fatores, nem onde se localizavam.


Importante saber.... (Para o aluno pesquisar os conceitos)

Fenótipo: O termo “fenótipo” (do grego pheno, evidente, brilhante, e typos, característico) é empregado para designar as características apresentadas por um indivíduo, sejam elas morfológicas, fisiológicas e comportamentais.

Genótipo: O termo “genótipo” (do grego genos, originar, provir, e typos, característica) refere-se à constituição genética do indivíduo, ou seja, aos genes que ele possui.

Homozigoto: Um indivíduo é chamado de homozigoto, ou puro, quando os alelos que codificam uma determinada característica são iguais. Ou seja, os alelos são iguais e ele vai produzir apenas um tipo de gameta.
Por exemplo: cor da semente de ervilhas: VV (amarela) ou vv (verde)

Heterozigoto: é o indivíduo que possui os dois alelos diferentes para determinar uma característica. São também chamados de híbridos. Todos os indivíduos da geração F1 de Mendel eram heterozigotos Vv, que codificava a característica de semente amarela.
Ex: cor da semente de ervilhas: Vv (amarela).

Característica Dominante: Trata-se da característica que a maior parte da população possui, ou seja, é uma característica que domina em relação as outras. Representada por letra Maiúscula.

Característica recessiva: Trata-se da característica que somente uma pequena parte da população possui, ou seja, é uma característica que não domina. Representada por letra Minúscula.

Autopolinização: Autopolinização ou polinização direta,é a transferência do pólen da antera para o estigma da mesma flor (caso que só ocorre quando a planta é hermafrodita). É pouco frequente, ocorre na ervilha, no fumo, no algodão e em muitos cereais, exceção do milho e centeio.





01. Quais características as ervilhas possuem que permitiram a Mendel explorar esta planta em seus experimentos de genética? Marque V ou F.
a) (       ) Cresce rapidamente
b) (      ) possui complexidade para cultivo
c) (       ) As características são visíveis em microscópio.
d) (      ) é capaz de se autopolinizar
e) (       ) produz poucas sementes

02. O que é autopolinização?

03. O que é geração parental?  Explique o que Mendel chamou de geração F¹ e F².

04. Em qual geração as características recessivas aparecem após cruzamentos de linhagens puras?

05. Por que na primeira geração as características dominantes prevaleceram?

06. A 1º lei de Mendel enuncia que : “Cada característica é determinada por dois fatores que se separam na formação dos gametas, onde ocorrem em dose simples.”  O que seria os dois fatores? Explique esta frase com suas palavras.

07. Faça em seu caderno os cruzamentos com as ervilhas conforme pede-se abaixo e determine a proporção genotípica e fenotípica.
a) Sementes de cores amarelas heterozigotas (Vv) x sementes de cores verdes (vv)
b) Flores de cores brancas (bb) x flores púrpuras homozigotas(BB)
c) Sementes de forma lisa homozigotas (RR)  x lisa heterozigotas(Rr)
d) Sementes de cores amarelas heterozigotas (Vv) x Sementes de cores amarelas heterozigotas(Vv).
e) Plantas baixas (bb) x plantas baixas (bb)
f) Flores púrpuras heterozigotas (Bb) x flores brancas (bb).
g) Ambas as vagens de cor verde heterozigota (Aa).
h) Ambas as sementes amarelas homozigotas (VV).



Atividades 2 – Primeira Lei de Mendel

01. Complete as lacunas abaixo e marque a sequencia correta.

"Casais de pigmentação da pele normal, que apresentam genótipo _______ podem ter filhos albinos. O gene para o albinismo é ____________ e não se manifesta nos indivíduos ___________. São albinos apenas os indivíduos de genótipo ______." 

a) AA, dominante, homozigoto e aa.  b) AA, recessivo, homozigoto e Aa. 
c) Aa, dominante, heterozigotos e aa.             d) Aa, recessivo, heterozigotos e aa. 

02. Cruzando-se ervilhas verdes vv com ervilhas amarelas Vv, os descendentes serão:
a) 100% vv, verdes;
b) 100% VV, amarelas;
c) 50% Vv, amarelas; 50% vv, verdes;
d) 25% vv, verdes; 50% Vv, amarelas; 25% VV, verdes.

03. Se cruzarmos dois gatos, sendo ambos heterozigóticos (Aa), obteremos:
a) Apenas indivíduos Aa;
b) Indivíduos AA e aa, na proporção de 3:1, respectivamente;
c) Indivíduos AA e aa, na proporção de 2:1, respectivamente;
d) Indivíduos AA, Aa e aa, na proporção de 1:2:1, respectivamente.

04. Em seus experimentos, Mendel estudou a transmissão dos “fatores hereditários”, conhecidos na linguagem atual dos geneticistas, como:
a) Cromossomos         b) Genes                     c) Esporos       d) Gametas

05. Considerando a diversidade das ervilhas, faça os seguintes cruzamentos:
a) Ervilhas lisas x ervilhas lisas, ambas descendentes de ervilhas rugosas.
b) Duas ervilhas baixas.
c) Vagem de cor verde heterozigota com flor verde homozigota.



Atividades 3 - Primeira Lei de Mendel

01 - Em ervilhas, a coloração púrpura das flores é dominante em relação à coloração branca. Cruzaram-se flores púrpuras heterozigotas com flores brancas. Quais as possíveis combinações para esse cruzamento?

02 – Carlos tem olhos castanhos e sua esposa, olhos azuis. Qual a provável descendência desse casal, sabendo-se que o marido é heterozigótico para esse caráter?

03 – Efigênia apresenta a capacidade de enrolar a língua e casou-se com Wilson, que é incapaz para esse caráter. Quais as possíveis combinações para o descendente do casal, sabendo-se que Efigênia é heterozigota para essa característica?

04 - Sabendo-se que a sarda é condicionada por um gene dominante, faça os cruzamentos a seguir:
a) Homem sardento homozigoto com mulher sem sardas.
b) Homem sardento heterozigoto com mulher sem sardas.
c) Ambos sem sardas
d) Ambos sardentos e heterozigóticos.
e) Ambos sardentos e homozigóticos

05- Geralda é canhota (cc) e casou-se com Sílvio, destro. Sabendo-se que Sílvio é heterozigoto para esse caráter, determine as possíveis combinações para esse cruzamento.

06 - Quais as possíveis combinações entre o cruzamento de:
a) mulher de olhos escuros (AA) com  homem de olhos azuis (AA)?
b) mulher de olhos azuis (aa) com homem de olhos castanhos (Aa)?
c) mulher de olhos castanhos (Aa) com homem de olhos castanhos (Aa)?
07. Camila é canhota e casou-se com Josias destro homozigoto. Determine as possíveis combinações para esse cruzamento.

CONSTRUINDO HEREDOGRAMAS


Construir um heredograma consiste em representar, usando símbolos, as relações de parentesco entre os indivíduos de uma família. Cada indivíduo é representado por um símbolo que indica as suas características particulares e sua relação de parentesco com os demais.

Os principais símbolos são os seguintes:

Sugestão de atividades prática para depois desta aula: Montagem de um quebra-cabeça do cariótipo humano.

O que você está procurando no O melhor da Biologia? Digite aqui:

Carregando...

Quem sou eu

Minha foto

Uma professora que gosta muito da profissão e que acredita que a educação é a única ferramenta capaz de mudar o mundo para melhor.

Este blog é um trabalho voluntário e apaixonado que desenvolvo de forma complementar, desde de 2009, ao meu trabalho como docente e pesquisadora.

Fazer este espaço de educação e ciências se tornou um hobby e uma contínua fonte de capacitação profissional.

Todo material existente aqui é para ser usado por todos os professores e alunos que desejarem. Não havendo nenhum custo financeiro.

Fernanda Aires Guedes Ferreira

Adicione-se ao Google+ e Confira e fique atualizado

Seguidores O melhor da Biologia

Siga O melhor da Biologia por E-mail e confira todas as novidades

Biologia no ENEM/Vestibular

Deixe aqui seu comentário.