AS DISTÂNCIAS MÉDIAS DOS PLANETAS AO SOL E ENTRE OS PLANETAS



Roteiro de Aula prática 
AS DISTÂNCIAS MÉDIAS DOS PLANETAS AO SOL E ENTRE OS PLANETAS



Indicação: alunos do 6º ano/5ª série do Ensino Fundamental
Objetivo Geral: perceber as diferentes distâncias dos planetas ao sol e entre os planetas
Conteúdo a ser trabalhado: Sistema Solar
Tempo necessário: 3 aulas


Conversando com o professor:

Nesta atividade prática você trabalhará a interdisciplinaridade, uma vez que se usará muita Matemática e raciocínio lógico para desenvolver os cálculos e Artes para dar beleza ao trabalho. Esta atividade prática poderá ser desenvolvida na própria sala de aula como também na quadra ou laboratório o importante e saber que os alunos trabalharão a maior parte do tempo em pé.
Esta atividade é recomendação da XII Olimpíada Brasileira de Astronomia realizada em 2010, onde foram feitas algumas adaptações para diminuição de custos.


Materiais utilizados

 10 Bolinhas de isopor de diferentes tamanhos (Para diminuir custos, use bolinhas de papel encapadas com fita adesiva)
 Barbante ou qualquer outro tipo de linha resistente
 Cola
 Tesoura
 Fita métrica e régua
 Calculadora
 Tintas coloridas e lápis de cor


Experimento

1 – Pinte 8 bolinhas conforme as cores dos planetas, 1 conforme o planetoide Plutão e uma para o Sol. Consulte as cores dos planetas em livros, revistas e na Internet.

2 – Com um lápis de cor qualquer faça um furo no centro de cada bolinha de modo a travessá-la.

3 – Faça os cálculos para a distância entre os planetas em quilômetros e depois transforme em centímetros. Use a tabelinha abaixo para fazer os cálculos.

4 – Coloque o Sol na ponta do Barbante passando o barbante pelo centro da bolinha e depois prendendo com cola.

5 – Usando a fita métrica e a régua vá colocando cada bolinha na sua posição do barbante observando a tabela com os cálculos, a ordem dos planetas e o tamanho de cada bolinha. Observe o desenho abaixo. Lembre-se que cada centímetro representa 20.000.000 quilômetros.



Figura 1 - As letras sobre os pontos (planetas) representam M(Mercúrio), V(Vênus), T(Terra), M(Marte), J(Júpiter), etc.


6 – Após colocar todas as bolinhas passe um pouco de cola nas laterais de cada uma para prendê-las totalmente no barbante.

7 – Se preferir corte pedacinhos de papel e escreva em cada um deles o nome dos planetas e do planetóide e cole sobre cada respectiva bolinha.

8 – Estique o barbante e observe as grandes distâncias entre os planetas e destes para o Sol. Comente.


Figura 2 - Tabela para cálculos: Entregue um fotocópia para cada aluno, observe que eles deverão calcular a 4ª e 6ª coluna.




Figura 3 - Imagem do Sistema Solar - Observe as possíveis cores e a ordem dos planetas.


Atividades sobre a distância média dos planetas ao Sol e entre os planetas

01 – Após fazer este experimento percebe-se que a distâncias entre os corpos no Sistema Solar são muito grandes. Para representar cada distância foi necessário usar uma escala. Faça um comentário explicando o porquê da escala em centímetros.

Resposta: O aluno deverá discutir a respeito das medidas de comprimento, dissertando sobre a passagem de quilômetros para centímetros e relatando sobre a questão de usar a escala de 20.000.000 Km ao invés de 10.000.000 Km.

02 – Qual a distância existente entre

a) o Sol e Plutão?

Resposta: 3,0 + 2,5 + 2,0 + 4,0 + 27,5 + 32,5 + 73,5 + 80,0 + 70,0 = 295 cm. O que equivale a 5.900.000.000 Km ( Observar última linha da 3ª coluna da tabela)

b) o planeta Mercúrio e o planeta Terra:

Resposta: 2,5 + 2,0 = 4,5 cm. O que equivale a 90.000.000 Km (Observar que neste caso não se considera a distancia entre o Sol e Mercúrio)

c) o planeta Júpiter e o planeta Urano:

Resposta: 32,5 + 73,5 = 106 cm. O que equivale a 2.120.000.000 Km. (Observar que neste caso conta-se os centímetros de Júpiter a Saturno e deste para Urano)

03 – Usando a fita métrica meça o comprimento de todo o experimento. O comprimento do experimento corresponde, de acordo com a escala, ao comprimento do Sol ao planetoide Plutão. Explique sua resposta.

Resposta: Não. Somando a distância entre o Sol e Plutão pela tabela encontra-se 295 cm o que multiplicando pela escala de 20.000.000 Km corresponde a 5.900.000.000 Km. Porém quando se mede o comprimento do experimento encontra-se um valor bem além de 295 cm, isso porque, ao medir de uma extremidade a outra considera-se junto os diâmetros de todas as bolinhas usadas no experimento.
Sendo assim:
Distância entre o Sol e Plutão = Comprimento total do experimento – soma do diâmetro de todas as bolinhas usadas


Espero que você tenha gostado! Lembre-se esta é somente uma  das aulas divertidas que estão no meu livro. Confira as outras.

O que você está procurando no O melhor da Biologia? Digite aqui:

Carregando...

Quem sou eu

Minha foto

Uma professora que gosta muito da profissão e que acredita que a educação é a única ferramenta capaz de mudar o mundo para melhor.

Este blog é um trabalho voluntário e apaixonado que desenvolvo de forma complementar, desde de 2009, ao meu trabalho como docente e pesquisadora.

Fazer este espaço de educação e ciências se tornou um hobby e uma contínua fonte de capacitação profissional.

Todo material existente aqui é para ser usado por todos os professores e alunos que desejarem. Não havendo nenhum custo financeiro.

Fernanda Aires Guedes Ferreira

Adicione-se ao Google+ e Confira e fique atualizado

Seguidores O melhor da Biologia

Siga O melhor da Biologia por E-mail e confira todas as novidades

Biologia no ENEM/Vestibular

Deixe aqui seu comentário.